Uma vez que cadastrar produtos na Amazon? Tutorial completo

Uma vez que cadastrar produtos na Amazon? Tutorial completo

Todo o processo de uma vez que cadastrar um resultado na Amazon é feito por meio da Médio do Vendedor, o site restrito para lojistas da plataforma Nela, é provável fazer todo o gerenciamento da loja virtual – seja no computador ou no smartphone. Veja os passos completos neste cláusula! 

Atualmente, a Amazon é um dos maiores marketplaces que atuam no mercado brasiliano. Unicamente no 3º trimestre de 2023, a gigante do Ecommerce teve lucro líquido de US$ 9,9 bilhões e um aumento de 13% nas vendas.

Esses dados, certamente, são animadores para quem deseja vender na plataforma. Mas não para por cá…

De conciliação com dados da própria Amazon, 300 milhões de pessoas compram na Amazon e 70% dos vendedores parceiros fazem sua primeira venda em menos de 60 dias. Outrossim, quase metade (58%) de todas as vendas na plataforma são feitas por lojistas do marketplace.

Antes de principiar a vender na plataforma, no entanto, muitos empreendedores se deparam com a mesma incerteza: uma vez que cadastrar produtos na Amazon? Se você também compartilha dessa questão, saiba que oriente cláusula tem todas as respostas que precisa.

Faça uma boa leitura!

Por que o processo de cadastro dos produtos é importante?

O cadastro de produtos na Amazon é importante porque atua uma vez que uma ponte entre a sua loja na plataforma e os consumidores que usam o marketplace para comprar.

Em outras palavras, oriente processo não é somente uma formalidade, mas uma oportunidade estratégica para ressaltar seus produtos em meio a milhões de opções disponíveis.

Ao cadastrar seus produtos corretamente, você garante que eles sejam encontrados pelas pessoas certas – leia-se, clientes com maior potencial de compra.

Uma listagem otimizada na Amazon vai além de simplesmente somar produtos à plataforma. Ela envolve uma estratégia cuidadosa que começa com a escolha de títulos atraentes, descrições claras e detalhadas, e imagens de subida qualidade.

Cada elemento do cadastro deve ser pensado para ressaltar as características e benefícios do seu resultado, ao mesmo tempo em que atende às diretrizes do marketplace da Amazon. Vamos falar mais sobre isso no próximo tópico, logo continue lendo!

Uma vez que cadastrar produtos na Amazon: 5 passos simples

Para cadastrar o seu resultado na Amazon, você precisa ter uma conta de vendedor, que pode ser criada por meio do site Seller Médio.

Com a plataforma oferecendo um volume de tráfico enorme e o chegada a um público largo e qualificado, entender o processo de uma vez que cadastrar produtos na Amazon é um passo fundamental para vender na plataforma.

Nascente guia simplificado de 5 passos vai te ajudar a velejar pelo processo de cadastro na Amazon, garantindo que seus produtos se destaquem. Leia agora!

1.Faça uma procura no menu “inventário”

Antes de iniciar o cadastro de um resultado na Amazon, é forçoso realizar uma procura cuidadosa no menu “inventário”, dentro da Seller Médio.

Ao utilizar o nome do resultado ou um código identificador específico, uma vez que o EAN ou ISBN, você pode desvendar rapidamente se o resultado já está disponível na Amazon.

E, a partir dessa informação, você tem dois caminhos para fazer o cadastro de produtos na Amazon:  vincular sua oferta a uma listagem existente ou produzir uma novidade oferta para um resultado inédito na plataforma.

Vamos entender uma vez que funciona cada uma das opções:

1.1 Relacionar sua oferta a uma publicação já existente

Se o resultado que você quer cadastrar já estiver listado, você pode vincular sua oferta a essa listagem existente. Isso simplifica o processo, pois você somente adiciona suas informações de oferta, uma vez que preço, quantidade disponível e opções de envio, à página do resultado já existente.

É importante lembrar que esses dados podem ser atualizados a qualquer momento, garantindo flexibilidade e controle sobre sua oferta.

Para vendedores com um grande volume de produtos, a Amazon também oferece a opção de cadastro em tamanho, permitindo o upload de uma planilha com todos os itens de uma só vez, otimizando o tempo e a eficiência do processo.

1.2 Produzir uma novidade oferta

Caso o resultado que você deseja vender ainda não esteja listado na Amazon, será necessário produzir uma novidade oferta.

Esse processo começa selecionando a opção “adicionar um produto” no menu “inventário” e escolhendo “estou adicionando um produto não vendido na Amazon”. A seleção correta da categoria do resultado é fundamental, pois isso facilita que os clientes encontrem seu resultado nas buscas.

O próximo passo é preencher as informações detalhadas do resultado, incluindo o código de identificação (UPC, EAN/GTIN, ISBN ou JAN), detalhes da oferta (preço, opções de envio, quantidade e exigência do resultado), além de informações específicas do resultado uma vez que nome, marca, categoria, descrição e imagens.

Palavras-chave e termos de pesquisa também são essenciais para aumentar a visibilidade do resultado. Em casos onde o resultado não possui um código de identificação padrão, uma vez que em itens artesanais ou de marca própria, é provável solicitar uma isenção deste requisito, seguindo um processo específico na plataforma.

2. Crie uma descrição detalhada

É por meio da descrição de resultado que você comunica o valor e os diferenciais dos itens que vende aos clientes. Uma descrição muito elaborada deve ir além das informações básicas, abordando de maneira clara e interessante as características, benefícios e recursos únicos do resultado.

Ao desenvolver a descrição, pense nas perguntas que os clientes podem ter sobre o resultado e tente respondê-las de forma proativa. Para que ele serve? Quais cores existem? Qual o tamanho? E várias outras…

Considere quais aspectos do seu resultado são mais relevantes para o processo de decisão de compra do cliente. É importante ressaltar uma vez que o resultado pode satisfazer as necessidades e resolver os problemas dos consumidores.

3. Use imagens de qualidade

A escolha e o uso de imagens de subida qualidade são fundamentais no cadastro de produtos na Amazon, pois elas são o primeiro ponto de contato visual entre o seu resultado e o cliente.

Uma imagem clara, nítida e muito apresentada pode ser o fator decisivo que leva o consumidor a optar pela sua oferta. A imagem principal, que aparece nos resultados de procura, deve exibir o resultado com precisão, destacando todas as suas características essenciais.

Outrossim, deve estar obrigatoriamente em um fundo branco para prometer uma apresentação limpa e profissional.

📷 Não sabe uma vez que produzir um fundo branco para suas fotos? Neste cláusula te ensinamos: Fundo branco para fotos: uma vez que fazer para seu Ecommerce?

Evite o uso de imagens que contenham elementos distrativos, uma vez que objetos cênicos, textos, colagens, logotipos ou marcas d’chuva.

Imagens genéricas ou ilustrações também não são permitidas, pois podem confundir ou enganar o cliente. As imagens devem ter uma solução adequada, variando entre 1600 e 10 milénio pixels na lateral mais longa, para permitir que os clientes ampliem e vejam os detalhes do resultado com transparência.

Além da imagem principal, é recomendável incluir fotos adicionais que mostrem o resultado de diferentes ângulos e em contextos variados. Por exemplo, no caso de um traste, além da foto isolada do resultado, uma imagem do item em um envolvente decorado pode ajudar o cliente a visualizar uma vez que ele se encaixaria em seu próprio espaço.

Evite alterações nas cores ou características do resultado nas imagens, pois isso pode levar a expectativas erradas e, consequentemente, a insatisfação do cliente.

4. Use listas com marcadores

Utilizar listas com marcadores na descrição do seu resultado na Amazon é uma técnica eficiente para ressaltar as características e qualidades do que você está vendendo.

Esta abordagem ajuda a organizar as informações de forma clara e concisa, facilitando a leitura e compreensão por secção dos clientes.

Ao estruturar a descrição em listas, você pode enfatizar os aspectos mais importantes do resultado, tornando-os mais visíveis e acessíveis para o consumidor.

Cada item da lista deve focar em um vista específico do resultado, permitindo até 5 listas por resultado. É importante manter estas listas sucintas e diretas, evitando informações desnecessárias que possam confundir o cliente.

Uma boa prática é limitar o totalidade de caracteres de todas as listas a um sumo de milénio caracteres. Isso incentiva uma notícia eficiente, garantindo que cada ponto seja relevante e valioso para a decisão de compra.

5. Use palavras-chave relevantes

As palavras-chave escolhidas influenciam diretamente em uma vez que e onde seu resultado aparece nos resultados de procura, impactando diretamente as chances de ser encontrado pelos consumidores.

Felizmente, você tem algumas ferramentas para deliberar quais palavras-chave usar. Uma delas é a Keyword Tool da Amazon. Ela mostra os assuntos relacionados à uma pesquisa de palavras, te ajudando a identificar termos em subida.

Outrossim, a Seller Médio conta com guias de descrição de produtos, com características específicas por categorias.

Ao finalizar o título e a descrição do seu resultado, certifique-se que eles estejam alinhados com as diretrizes da Amazon e que incluam informações essenciais uma vez que marca, padrão, cor e tamanho.

Uma vez que fazer rascunhos de produtos?

Para produzir um rascunho, você pode principiar inserindo as informações disponíveis na extensão de inventário da Seller Médio ou diretamente na opção “adicionar um produto”.

Mesmo que algumas informações estejam incompletas ou precisem de ajustes, a plataforma maquinalmente salva esses registros uma vez que rascunhos.

Quando estiver pronto para finalizar o cadastro, você pode acessar a seção “completar rascunhos” no menu “catálogo”.

Portanto, você terá a oportunidade de revisar e editar as informações do resultado, garantindo que tudo esteja correto e completo antes de publicar a oferta. Atenção aos detalhes é importante nessa tempo!

A capacidade de produzir e gerenciar rascunhos de produtos oferece aos vendedores uma grande flexibilidade, permitindo um planejamento mais estratégico e uma gestão eficiente do inventário na plataforma.

Isso é particularmente vantajoso quando você está planejando sua estratégia de vendas, mas ainda não definiu todos os detalhes, uma vez que a quantidade de estoque disponível ou o preço ideal.

Uma vez que atualizar ou editar um resultado?

A plataforma da Amazon, por meio da Seller Médio, oferece aos vendedores a flexibilidade de atualizar ou editar os dados dos produtos de forma prática.

Isso é particularmente útil para ajustar detalhes uma vez que preço, quantidade disponível ou qualquer outra informação relevante do resultado, assegurando que sua loja esteja sempre alinhada com as necessidades do mercado e dos consumidores.

Para realizar essas atualizações, uma das formas mais eficazes é utilizar os arquivos de inventário disponibilizados pela Amazon.

Estes arquivos, geralmente em formato Excel, permitem que você faça alterações em tamanho, uma vez que ajustes de preço ou atualizações de estoque, de maneira organizada e centralizada.

Cada resultado no seu inventário é identificado por um código SKU restrito, gerado pela Amazon, que serve uma vez que um identificador metódico para o item.

Embora o código SKU não possa ser demudado, você tem totalidade liberdade para modificar outras informações importantes do resultado, uma vez que preço e quantidade.

Posteriormente realizar as alterações necessárias na planilha de inventário, o próximo passo é fazer o upload dela de volta para a Seller Médio. Nascente processo sincroniza as informações atualizadas com a sua loja na Amazon, garantindo que as mudanças se reflitam imediatamente nas suas listagens de produtos.

3 dicas para melhorar o cadastro de produtos na Amazon

Agora que você já sabe uma vez que cadastrar produtos na Amazon, vamos te mostrar algumas dicas que vão ajudar a ressaltar a sua loja online e trazer mais sucesso para suas vendas. Leia agora!

1. Crie títulos completos, mas também objetivos

Os títulos são o primeiro ponto de contato entre o seu resultado e o cliente potencial, e é através deles que as buscas são direcionadas. Portanto, entender e utilizar as palavras-chave ou frases que seus clientes usam para pesquisar produtos similares ao seu é crucial.

Para desvendar quais termos são mais eficazes, uma prática recomendada é realizar testes em buscadores – uma vez que o Google, por exemplo – ou a própria Amazon. Observe uma vez que diferentes produtos são procurados: alguns podem ser mais buscados pela marca, outros pela cor ou por características específicas.

Por exemplo, no caso de um tênis, os consumidores podem buscar por termos uma vez que “tênis vermelho” ou “tênis de corrida”.

Com essas informações em mãos, é provável produzir títulos que sejam não somente atraentes e chamativos, mas também altamente relevantes para as buscas dos consumidores.

2. Organize seus produtos por categoria

A organização dos produtos em categorias e subcategorias é uma prática tradicional no Ecommerce, independente do meato de vendas ou nicho de mercado.

Uma estrutura clara e lógica de categorização melhora a usabilidade e a experiência do usuário e também contribui significativamente para a eficiência da gestão do seu inventário.

Por exemplo, em um Ecommerce de formosura, a organização pode ser feita separando os produtos em categorias uma vez que maquiagem, perfumaria, cabelo, corpo e rosto.

No segmento de eletrônicos, categorias uma vez que “Tv e áudio” podem ser subdivididas em “televisão”, “áudio para casa” e “acessórios para tv”. Muito mais intuitivo para o cliente, não concorda?

3. Mantenha o padrão nos cadastros

Um padrão simples e coeso em todos os elementos do cadastro – desde as fotos até a escrita e o título – ajuda a estabelecer uma identidade poderoso para sua loja e seus produtos. E, num contexto competitivo, uma vez que é o caso do marketplace, uma identidade poderoso é sempre bem-vinda.

Quando se trata de imagens, por exemplo, adotar um estilo consistente, seja no ângulo da foto ou na emprego de um filtro específico, pode melhorar significativamente a percepção visual da sua marca.

Por outro lado, no que diz saudação aos títulos e descrições, é importante utilizar um nome inteligente e descritivo para cada item, incorporando palavras-chave relevantes, uma vez que já explicamos neste guia. 😉

Aprenda a vender em marketplaces e fature mais de R$ 20 milénio por mês!

Você certamente sabe que vender na Amazon é um bom caminho… mas será que conhece as estratégias certas para produzir um negócio lucrativo neste marketplace – ou qualquer outro?

Muitos empreendedores não têm esse conhecimento…

Por isso, desenvolvemos um projecto à prova de erros para você faturar mais de R$ 20 milénio por mês nos marketplaces. Com ele, você vai aprender todas as estratégias usadas para vender no Mercado Livre, Shopee, Amazon, Aliexpress, Shein e muito mais!

Veja alguns dos nossos cursos de marketplace, que estão esperando por você em nossa plataforma:

Nós te mostramos tudo isso nos nossos cursos de marketplaces.

  • Amazon do Zero; 
  • AliExpres do Zero;
  • Shopee do Zero;
  • Ecommerce do Zero;
  • Product Ads na Prática;
  • Dominando os Marketplaces Shopee e Amazon;
  • Uma vez que vender na Shein;
  • E mais!

Alcance o sucesso nos marketplaces e potencialize suas vendas com a metodologia validada por mais de 50 milénio alunos. Comece agora!

Perguntas Frequentes

Uma vez que cadastrar produtos na Amazon?

Para cadastrar produtos na Amazon, acesse a Seller Médio, escolha “somar um resultado” no menu “inventário”, verifique se o resultado já existe ou crie uma novidade oferta. Preencha as informações detalhadas, incluindo título, descrição, imagens de qualidade e palavras-chave relevantes. Salve ou publique a oferta.

Por que é importante cadastrar corretamente os produtos na Amazon?

Um cadastro correto aumenta a visibilidade e crédito do resultado, melhora a experiência do cliente, otimiza o SEO e a gestão do inventário, impactando diretamente nas vendas.

Uma vez que posso verificar se meu resultado já está listado na Amazon?

Faça uma procura no menu “inventário” da Seller Médio usando o nome do resultado ou um código identificador, uma vez que EAN ou ISBN.