Porquê empreender do zero em 13 passos

Porquê empreender do zero em 13 passos

Ser possuidor do próprio negócio pode ser um tanto reptador, mas, ao mesmo tempo, referto de recompensas. Se você quer entender porquê empreender do zero, saiba que veio ao lugar perceptível! Neste cláusula, vamos explicar todos os passos para você tirar o seu negócio do papel o quanto antes.

A incerteza que permeia a mente de diversos empreendedores brasileiros, ano em seguida ano, é porquê ser possuidor do próprio negócio e invadir a tão sonhada liberdade financeira. Já podemos antecipar que o melhor caminho para encontrar uma resposta é entender porquê empreender do zero.

É verosímil fazer isso de qualquer lugar? Quais produtos podem ser vendidos? Quanto quantia é necessário investir? São muitas perguntas…

Nos próximos tópicos, você encontrará um guia completo para desvendar todos esses questionamentos. Vamos inaugurar!

Vale a pena empreender do zero no Brasil?

Sim, vale muito a pena empreender do zero no Brasil. O Ecommerce é o principal exemplo disso, já que possibilita um grande alcance de consumidores, com um investimento inicial muito mais ordinário do que uma loja física, por exemplo.

Para você ter uma teoria, as pequenas e médias empresas online faturaram R$ 3,3 bilhões em 2023, valor 22% maior que o registrado em 2022. No período foram vendidos 55,5 milhões de produtos, superando em 19% a quantidade do ano anterior, segundo a 9ª edição do NuvemCommerce.

Apesar de o Ecommerce ser a melhor opção para quem deseja empreender do zero, é importante saber porquê driblar a intensa concorrência desde o início da operação, estruturando o seu negócio do jeito perceptível!

Porquê empreender do zero?

Empreender do zero pode ser um tanto reptador, principalmente quando não existe um método ou um caminho muito definido para inaugurar. Ao longo deste tópico, vamos apresentar os passos essenciais para produzir o seu próprio negócio o quanto antes.

Confira!

1. Monte um projecto de negócio

Não dá para inaugurar a falar sobre porquê empreender do zero sem reportar a geração de um planejamento ou, melhor dizendo, um projecto de negócios. Cá, você deve considerar todos os pontos essenciais para colocar a sua empresa para funcionar.

Por exemplo: o que vai vender, para quem vender, quais serão os seus fornecedores (seja de produtos para revenda ou matéria-prima para produção), dentre outros pontos.

💡 Vamos abordar alguns desses pontos separadamente ao longo deste cláusula, a termo de explicá-los em mais detalhes. Mas, por ora, tenha em mente que montar um planejamento sólido é indispensável para tirar o seu negócio do papel.

É porquê um tirocínio prático para inaugurar a visualizar porquê o seu negócio vai ser.

2. Identifique uma oportunidade

Você deve mapear uma oportunidade para produzir, estruturar e alavancar um negócio no Ecommerce. De maneira objetiva, pense:

Vou revender produtos já consagrados no mercado? Melhor apostar em uma produção própria? Há qualquer nicho de mercado com uma boa demanda e baixa concorrência?

Essas são algumas perguntas que você pode se fazer para identificar uma boa oportunidade de negócio no mercado. Porém, também é interessante que você não considere só os ganhos, mas também os seus gostos e interesses.

Reflita sobre os produtos e segmentos de mercado que você se identifica. Por termo de contas, você trabalhará todos os dias no seu negócio e zero mais justo do que se identificar com ele, perceptível?

3. Faça um estudo do mercado

Agora é hora de entender o envolvente em que sua empresa vai operar e quem são os seus respectivos concorrentes. Para fazer isso, indicamos que você:

  • Entenda o mercado e o segmento que deseja atuar porquê um todo;
  • Identifique as tendências de produtos e interesses dos compradores;
  • Analise seus concorrentes diretos e indiretos.

A teoria não é você imitar a concorrência, aplicando as estratégias deles no seu negócio. Mas conseguir obter insights valiosos sobre porquê o mercado está funcionando, as preferências dos consumidores e por aí vai…

Aliás, falando em consumidores, vamos ao próximo tópico!

4. Defina o seu público

Outro passo importante de porquê empreender do zero é definir quem é o seu público. Nesse sentido, nós não estamos nos referindo somente ao concepção de “público-alvo”, mas, mais precisamente, ao de “persona”.

Vamos explicar…

O público-alvo é uma descrição mais ampla de um grupo de indivíduos que podem ter interesse nos seus produtos ou serviços. Tem porquê base as características demográficas, geográficas e, por vezes, comportamentais dessas pessoas.

A persona é uma representação fictícia, mas altamente detalhada e específica, de um cliente ideal. É construída a partir de informações específicas, comportamentais e psicográficas, gerando personalidade e histórias de vida únicas.

💡A traço de pensamento cá é a seguinte: você pode até saber o público-alvo do seu negócio. No entanto, é importante aprofundar esse estudo e identificar a persona da sua loja. Para te ajudar nisso, sugerimos a leitura dos artigos:

5. Selecione o seu protótipo de negócio

Depois de fazer o estudo do mercado e de definir o seu público, chegou a hora de selecionar o protótipo de negócio da sua preferência. Por “modelo de negócio” podemos entender, basicamente, os canais de venda que irá estruturar o seu empreendimento.

Entre os principais, estão os marketplaces, as lojas virtuais próprias e as redes sociais. Vamos falar um pouco sobre cada um deles?

Os marketplaces são plataformas que reúnem diversos vendedores. Eles oferecem toda a estrutura para que os lojistas façam suas vendas, em troca do pagamento de uma taxa por cada transação realizada (que chamamos de percentagem). O ponto de atenção, entretanto, é a sujeição que pode ser gerada por essas plataformas e a dificuldade para solidar a imagem da sua marca no mercado.

A mesma traço de raciocínio pode ser aplicada em relação às redes sociais. Elas são ótimas para a produção de texto e também servem para fazer vendas. No entanto, também faz sentido trabalhá-las em conjunto com outros canais.

As lojas virtuais, por sua vez, são sites de vendas próprios em que o lojista fica totalmente responsável pela operação. Essa autonomia é necessário para a marca conseguir o seu espaço no mercado. O que vai ser necessário, entretanto, é comprar conhecimentos específicos, porquê geração de tráfico, por exemplo.

De maneira resumida, o que queremos proferir é que você pode inaugurar a empreender do zero por qualquer um desses canais. Mas, quando pensamos em escalabilidade, ter uma loja virtual própria é a melhor opção.

Escolha uma boa plataforma de Ecommerce, porquê a Nuvemshop, por exemplo, e monte o seu negócio. Depois, com o tempo, implemente os outros canais de venda, fazendo uma diversificação de canais e aumentando os ganhos da sua empresa.

6. Estruture um diferencial competitivo

Para entender porquê empreender do zero, também é importante estabelecer um diferencial competitivo que torne a sua empresa única na visão dos consumidores.

Em termos simples, pense no que o seu negócio pode oferecer que nenhum outro já ofereça no mercado. E mais do que isso: porquê ele pode se tornar necessário para as pessoas.

Pode ser uma facilidade na entrega, uma promoção simpático, condições de pagamento vantajosas, enfim… o seu é o limite!

💸 Leia também: Porquê fazer promoção em 10 passos simples.

7. Formalize sua empresa

Outro passo de porquê empreender do zero é a formalização da sua empresa. Isso é vital para que ela opere legalmente e usufrua de benefícios fiscais.

Para empreendedores individuais, uma opção bastante popular e que nós indicamos é o MEI (Microempreendedor Individual). Trata-se de uma modalidade jurídica criada para formalizar o trabalho de empreendedores autônomos.

É uma das opções mais populares porque, porquê MEI, o empreendedor consegue ter um CNPJ e passa a exprimir notas fiscais, um tanto indispensável nos negócios hoje em dia.

📚 Para te ajudar a aprofundar seus conhecimentos sobre MEI, aí vão alguns artigos:

8. Desenvolva uma identidade potente para sua marca

Além da formação, também é necessário produzir uma identidade potente para a sua marca. Estamos falando, mais precisamente, do concepção de branding.

💎 O branding zero mais é do que o processo de produzir uma identidade para sua empresa ou resultado. Ele abrange a construção da imagem, mensagem e reputação que os consumidores vão associar à sua marca.

A teoria meão do branding é deixar simples para o público o que torna a sua empresa única. Lembra quando falamos de diferencial competitivo? Ele vai fazer bastante sentido cá também.

Outrossim, o branding também é feito para erigir crédito e produzir uma relação com os consumidores, por meio da identidade visual, valores, mensagens, dentre outros pontos que que representam a marca.

9. Faça um planejamento financeiro

De quanto você precisará para inaugurar a empreender do zero? Não existe um valor pré-definido. Na verdade, essa quantia pode variar de negócio para negócio, dependendo de quanto o empreendedor possui disponível.

Mas o indumento é que você precisará fazer um bom planejamento financeiro para inaugurar e manter o seu negócio operando nos primeiros meses – o que chamamos de capital de giro.

💰 Entenda melhor tudo isso no cláusula: Quanto custa um Ecommerce? Conheça custos variáveis, fixos e mais.

10. Divulgue seu negócio

Não dá para falarmos sobre porquê empreender do zero sem reportar a da divulgação, já que é por meio dela que você vai atrair clientes.

No universal, a divulgação pode ser feita de diversas maneiras, porquê: publicações em redes sociais porquê Instagram, Facebook, YouTube e outras; e-mail marketing, artigos de blog, etc.

Um tanto que vai te ajudar muito nesse sentido é saber tudo sobre marketing de texto. Essa estratégia zero mais é que a geração de texto de qualidade com o foco de aumentar o reconhecimento da sua marca, melhorar a classificação nos motores de pesquisa e gerar interesse dos usuários.

Para te ajudar nisso, vale a pena saber o nosso treinamento Marketing de Texto para Negócios. Ele vai te ajudar a produzir texto que atrai, engaja e vende todos os dias nas redes sociais do seu Ecommerce. Para saber mais, clique no banner aquém:

11. Invista em tráfico pago

Além da divulgação orgânica, investir em tráfico pago é uma tática valiosa para impulsionar a visibilidade do seu negócio. Plataformas porquê Google Ads e Facebook Ads permitem segmentar seu público-alvo e exibir anúncios para usuários específicos.

Um tanto interessante é que o tráfico pago oferece resultados mais imediatos e mensuráveis, permitindo ajustes em tempo real com base no desempenho dos anúncios. Por isso, é vital entender seu público-alvo e escolher as plataformas adequadas para maximizar seu ROI (retorno sobre o investimento).

Assim, ao combinar estratégias orgânicas e pagas, você cria uma estratégia mais abrangente de marketing e aumenta significativamente a visibilidade do seu negócio.

📊 Aproveite para ler também: Tráfico orgânico: o que é, benefícios e porquê aumentar essas visitas espontâneas.

12. Tenha os melhores parceiros comerciais

Os parceiros comerciais são aqueles que vão te ajudar a fazer o seu negócio funcionar todos os dias de maneira adequada. Os fornecedores são grandes exemplos disso!

O ideal, inclusive, é que você tenha não só um fornecedor… Mas dois, três, quatro ou mais. Dessa forma, caso um deles não possa te atender, outro conseguirá suprir a sua demanda.

O objetivo é não deixar os seus clientes sem os produtos que eles desejam – e nem o seu negócio sem vendas, simples.

📚 Vamos deixar cá algumas sugestões de artigos para te ajudar nesse sentido:

13. Estude e se mantenha atualizado

A base de todo empreendedor de sucesso é o conhecimento – e isso independe de ele estar no início de sua jornada no mundo dos negócios. O primeiro movimento para conseguir isso, você já fez, que era chegar até nascente cláusula.

Agora, você precisa dar o próximo passo é ir além na sua jornada empreendedora… e a boa notícia é que nós podemos te ajudar!

Conheça o treinamento Ecommerce do Zero!

Nele, você aprende o passo a passo para você produzir seu Ecommerce partindo do zero e faturar R$ 30 milénio em 90 dias. Essa metodologia já ajudou mais de 50 milénio alunos!

As aulas estão disponíveis na escola Ecommerce na Prática, plataforma onde você encontra dezenas de cursos e centenas de aulas disponíveis sobre Ecommerce, loja virtual, dropshipping, marketing, tráfico pago e muito mais.

Saiba mais sobre o Ecommerce do Zero:

Perguntas Frequentes

Vale a pena empreender do zero no Brasil?

Sim, vale a pena empreender do zero no Brasil. Para você ter uma teoria, as pequenas e médias empresas online faturaram R$ 3,3 bilhões em 2023, valor 22% maior que o registrado em 2022. No período foram vendidos 55,5 milhões de produtos, superando em 19% a quantidade do ano anterior, segundo a 9ª edição do NuvemCommerce.

Porquê empreender do zero?

1. Monte um projecto de negócio; 2. Identifique uma oportunidade; 3. Faça um estudo do mercado; 4. Defina o seu público; 5. Selecione o seu protótipo de negócio; 6. Estruture um diferencial competitivo; 7. Formalize sua empresa; 8. Desenvolva uma identidade potente para sua marca; e mais!